Transformações e Gestão da Mudança

Nenhuma transformação é implementada sem que grandes mudanças aconteçam. Frequentemente participamos de reuniões em que a liderança expressa o desejo de inovar, no entanto, quando apresentamos as mudanças necessárias para tal e o grande esforço da liderança, vários preferem continuar na trajetória atual dos negócios; racionalizam de que ainda há tempo.

Considerando este cenário, desenvolvemos uma metodologia de Change Management, cujo objetivo principal é preparar as organizações para assimilarem e provocarem as mudanças necessárias rumo ao próximo estágio de sucesso: ser uma Organização Exponencial.

A CURVA DA MUDANÇA

Curva 2.png
Curva.png

NEGAÇÃO

RAIVA

BARGANHA

ACEITAÇÃO

"Suavizar" a curva da mudança com o programa de Change Management.

PROPÓSITO DA METODOLOGIA:

CARGA EMOCIONAL DURANTE A MUDANÇA

DEPRESSÃO

PERÍODO DE IMPLEMENTAÇÃO DA MUDANÇA

PENSAMENTOS COMUNS DOS ALVOS* DURANTE A CURVA DA MUDANÇA: 

 

1. NEGAÇÃO: “Não, não estamos mudando novamente... 

2. RAIVA: “Por que diabos temos que mudar isso de novo? Logo agora que finalmente memorizei todos os nossos processos? "

3. DEPRESSÃO: "Deixe-me trabalhar em paz! Vocês nunca estão satisfeitos!"

 4. BARGANHA: “Então... podemos escolher os processos a serem alterados? Não é tão simples assim, sabe ... ” 

 5. ACEITAÇÃO: "Vai dar tudo certo. Não posso evitar, mas  posso, pelo menos, estar preparado para isso."

* QUEM SÃO OS ALVOS: São todas as pessoas que de alguma forma (direta ou indireta) são impactadas pela mudança ou transformação.

PLANO DE AÇÃO EM CADA ETAPA DA CURVA DA MUDANÇA:

1. WORKSHOP DE REQUISITOS:

1.1. CMJ - Jornada de Gestão da Mudança.

1.2. Identificação e engajamento de agentes de mudança.

1.3. Definição dos recursos necessários para a mudança.

1.4. Construção do roteiro de macro mudança - linha do tempo.

1,5. Programa de instalação de cultura. (Se aplicável)

2. ANÁLISE DO PONTO DE PARTIDA:

2.1. Mapa de Stakeholders internos / externos: o que os envolvidos esperam com a mudança.

2.2. Mapeamento dos problemas e desafios do cenário atual - avaliação.

2.3. Preparando a mente e o coração dos alvos para os benefícios da mudança. (Consciência)

2.4. Compartilhando as dores e delícias de todo o processo.

3. ANÁLISE DO PONTO FINAL:

3.1. Levantamento dos requisitos e resultados esperados com a mudança (o que cada área impactada espera com a mudança).

3.2. Identificação e gestão de desejos e necessidades (Desejo).

3.3. Sociograma de mudança.

3.4. Pacotes de trabalho.

3.5. WP para: Apresentação, Assimilação, Implementação e Ajustes de mudança.

4. PLANO DE EXECUÇÃO DA MUDANÇA:

4.1. Defina o escopo da mudança. (Atividades, responsabilidades e roteiro de implementação).

4.2. Definição dos KPIs de mudança.

4.3. Plano de execução dos Work Packs (definido na Etapa 01 e consolidado na Etapa 03).

5. MANTENDO-SE NA MUDANÇA:

5.1. Plano de recompensa para metas de mudança - Gamificação.

5.2. Plano de comunicação/monitoramento dos resultados das mudanças.

5.3. Gerenciamento de mudanças de KPIs e planos de ação (Reforço).